166002SZ
GOLDEN, Arthur. Memórias de uma Gueixa. Imago. 460p.

Memórias de uma Gueixa é uma leitura diferenciada pra cada leitor. O livro pode ser interpretado como uma viagem à cultura japonesa, um romance histórico, a descoberta da sexualidade, ou simplesmente uma biografia fictícia. Portanto, ele pode ser caracterizado como um livro “tudo em um”, transbordando sentimentos e emoções em nós. 

O livro é contado em primeira pessoa por uma senhora chamada Sayuri; mas esse não é o primeiro nome de nossa protagonista. Nascida como Chiyo, em uma pequena aldeia de pescadores, ela e sua irmã foram vendidas ao Sr. Tanaka, ainda quando eram crianças. Seu pai, que era pescador, já estava idoso e sua mãe possuía pouco tempo de vida por estar constantemente doente. Elas foram vendidas para terem uma vida melhor, ou não.

"Ela se pinta para esconder o rosto, seus olhos são águas profundas.
Gueixas não têm desejos. Gueixas não têm sentimentos.
A gueixa é uma artista de um mundo imaginário.
Ela dança. Ela canta. Ela o entretém.
O resto é escuridão. O resto é segredo."

As irmãs foram separadas logo quando chegaram a Gion, em Kyoto. Chiyo era bonita, tinha raros olhos azuis-acinzentados, que representavam que ela tinha bastante água; já sua irmã, tinha muita madeira, por isso era menos bonita, e foram separadas. Chiyo foi muito maltratada por suas patroas na casa de gueixas (chama-se okiya) onde morava, mesmo sendo ainda uma criança, ela trabalhava muito nas tarefas domésticas e não tinha permissão para se divertir, ou aprender a ser uma gueixa, ela era simplesmente uma escrava.

"Do outro lado do pátio de cascalho e subindo mais um lance de escadas passei pelo portão tori até o próprio portão. Lá joguei as moedas na caixa do ofertório - moedas que teriam bastado para me tirar de Gion - e anunciei minha presença aos deuses batendo palmas três vezes e fazendo uma mesura. Com olhos bem fechados e mãos unidas rezei para que me permitissem de alguma forma chegar a ser uma gueixa. Eu suportaria qualquer treinamento, qualquer dureza, por uma oportunidade de atrair outra vez a atenção de um homem como o Presidente." 

Golden é um fingidor, criou toda uma vida cheia de pobreza, desafios, força e elegância, que é falsa, fictícia, mas que se transforma em algo verdadeiro durante a leitura. Como Sayuri já previa, ao ascender, ela sofreu muito. Quando já era uma gueixa, ela ainda continuou sofrendo. A história é fictícia, mas me pergunto: quantas gueixas já não passaram pelas mesmas situações que Sayuri?

A adaptação para as telonas é mais conhecida, e consideravelmente pior ao meu ver. Simplesmente um resumo básico e sem profundidade da história. Já o livro é recheado de descrições e características de personagens que, combinados com a descoberta de uma nova cultura, são fatores que tornam a leitura viciante e impossível de abandonar. Com certeza, o leitor de Memórias de uma Gueixa vai terminar a leitura com uma visão diferente do mundo.

Nota: ♥♥♥♥♥


20 Comentários

  1. Fabianne Almeida10/10/2012 22:28

    Assisti somente ao filme e gostei,apesar de ser um pouco longo!Mas tenho vontade de ler o livro,pois gostaria de me aprofundar um pouco na cultura japonesa e mudar minha mentalidade em relação as gueixas.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Oi Jéssica. Que bom que gostasses do filme! Sério mesmo, se você gostou dele, acredito que vais amar o livro. Beijos, não esqueça de conferir! hehe

    ResponderExcluir
  3. Jéssica Patrício10/10/2012 22:35

    Olá,tenho muita curiosidade de ler o livro,mas sobre o filme tenho uma opinião diferente,eu gostei bastante, e acho que ele tem muita profundidade sim,por isso que me interessei pelo livro também,mas como você leu o livro muda tudo,como sempre o livro será bem melhor do que o filme,cheio de detalhes que não devem mostrar no filme,parabéns pela resenha!
    beijoos

    strawberrydelivrosefilmes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Obrigada! Que bom que ela gostou, o livro realmente é fantástico. Fica a dica pra você também conferir viu?

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Francisco, fico muito feliz por poder ler suas palavras. Infelizmente ainda não tenho ideias sobre isso, mas acredito que essa não seja minha área mesmo. Adoro ler, gosto muito mesmo, mas não tenho criatividade para criar algo "original" e não gostaria de ser autora de um clichêzão. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Garota do Livro10/10/2012 22:35

    Uau, uma amiga minha tava lendo e ela gostou muito, que bom que vc gostou também. Sua resenha esta maravilhosa.
    Um beijão.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Alana.. seu blog é realmente fantastico com resenhas bem estruturadas e um jeito gostoso de se ler ... fico imaginando se você já tem ideia para algum livro ? desde já quero avisar que estou seguindo teu blog .. bj ! Francisco M. C. Veiga


    http://meuspoemasnossosproblemas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Caixa de Pandora10/10/2012 22:35

    Sempre quis ler este livro, mas não sei porque ainda não li. Mas gostei da resenha espero poder lê-lo em breve. Parabéns pelo blog flor.


    http://www.profanofeminino.com

    ResponderExcluir
  9. Obrigada! Vou visitar o seu blog =)
    Leia sim, é magnífico. Você vai gostar, eu acho. Só é preciso um pouco de calma pra apreciar ainda mais a história. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Camila Fernandes10/10/2012 22:35

    Nunca tive vontade de ver o filme, e nem o livro. Apesar de que deve ser um livro muito bom, com uma estória maravilhosa. Mas mesmo assim não me chamou atenção.
    Beijinhos!


    Camila.

    loucuradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Sério Camila? Quem sabe um dia não mudas de opinião né? hehe
    Eu sei que ele não faz o gênero de um monte de pessoas, mas achei tão legal conhecer uma cultura nova que recomendo pra todos. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Leia o livro Jéssica! O filme eu achei bem ruinzinho, pois li o livro primeiro e ele é bem detalhado. Lê e depois me conta o que achou ok? hehe

    ResponderExcluir
  13. Com certeza Táta! A capa é muito bonita, e foi o que me chamou atenção inicialmente. Mas depois de conhecer a história, vi que ela é muito legal e merece ser reconhecida. Conhecer toda uma cultura diferente é demais! Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Fe, obrigada! Eu troquei os livros de lugar, antes eles não ficavam em uma estante certinha hehe. Ficou legal né? Gostei bastante!
    Eu recomendo bastante a leitura, mas tem que ter tempo pra ler. Ler com calma e apreciar palavra por palavra, assim fica bem melhor. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Eu já assisti o filme e mesmo assim não vi completo mas pareceu ser muito bom e fiquei curiosa para ler o livro

    ResponderExcluir
  16. Um Dia a Cada Livro10/10/2012 22:35

    Oiii querida, eu tenho esse livro e realmente é muito bom, sem contar que a capa é linda ne!!!

    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    Táta


    http://umdiaacadalivro.blogspot.com.br/
    @umdiaacadalivro

    ResponderExcluir
  17. Segredos em Livros10/10/2012 22:35

    Oi Alana, vi a foto de sua estante lá no facebook e adorei. Você tem ótimos livros. Sempre tive vontade de ler Memórias de uma gueixa, mas ainda pretendo iniciar essa leitura. E pela sua resenha, que a propósito, ficou ótima, me interessei mais ainda. Bjs.
    http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá, Alana!
    Adorei conhecer o seu blog!
    Gostei muito dessa resenha, disse exatamente o que esse livro é. E concordo plenamente com o ue você disse :"Um livro que quando você termina a leitura, as coisas no mundo apresentam um maior significado"

    Beijos,
    Julyana
    www.emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Uau, que história. Já tinha vontade de ler o livro, agora a vontade é maior *--* Parabéns pela resenha.
    Amei seu blog ^-^ Aceita fazer parceria com o meu?
    Beijinhos ^-^
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Ja amei a capa, e para que a historia é legal ^^

    ResponderExcluir