Título: O Casamento
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 224 páginas
Hoje, resenho um dos livros mais distintos que já li de Nicholas Sparks. O Casamento traz à tona a história de um casal que está junto há muito tempo, mas que esqueceu como agradar o parceiro. Nele, conhecemos a história de Wilson e Jane.

Wilson é um advogado, está com 56 anos, e compreende que destruiu seu casamento com o amor de sua vida. No seu aniversário de 29 anos de casamento, Wilson acaba voltando do trabalho, comendo um jantar delicioso preparado por sua esposa e... Indo trabalhar ainda mais no escritório. Quando vai dormir, percebe que Jane está chorando e descobre o motivo: ele tinha esquecido esta data tão especial.

A partir daí, ele começa a relembrar o passado e a se perguntar se foi um bom marido para Jane. O livro é narrado em primeira pessoa por Wilson e abrange todos os pensamentos dele, desde a lembrança de como eles se conheceram, passando pela infância dos filhos, e chegando ao que é hoje: um casal que está casado somente no papel.

Eles são bem diferentes entre si, Wilson é sério e racional, enquanto Jane é extrovertida e risonha, além de uma romântica incorrigível. Ela sempre gostou de grandes surpresas, porém este não é o perfil de Wilson, que demonstra seu amor de maneira bem mais simples, ás vezes, esquecendo-se de que é necessário demonstrá-lo de alguma forma.

É engraçado, mas já reparou que, quanto mais especiais são as coisas, menos atenção as pessoas parecem dedicar a elas? Parece que acham que elas nunca vão mudar.

Seus três filhos já saíram de casa para viverem as próprias vidas e o local que antes era considerado um lar, é agora silencioso e vazio. Então, decidido a refazer sua esposa se apaixonar por ele, Wilson pede ajuda a seu sogro, Noah, que foi protagonista de outro livro de Nicholas, o conhecidíssimo Diário de uma paixão.  Wilson quer preparar uma grande surpresa para Jane, para que ela o ame como antigamente e a vida dos dois seja melhor. Porém, algo ainda mais importante acontece: o casamento de sua filha mais velha, Anna, que vai acontecer no dia do aniversário de casamento deles.

Dentre os livros que li do autor, este é realmente o mais diferente. Aborda não uma história sobre um casal jovem, mas sobre um casal que está desgastado por causa do tempo. Por mais que duas pessoas se amem, a convivência durante muito tempo pode fazer grande parte do que era especial entre elas desaparecer. E é isto que o autor retrata: maneiras de conseguir salvar uma relação, de garantir que o amor ainda está vivo, de saber quando mudar de atitude. E é por causa disto que, em certos momentos, aparentou que eu estava lendo uma autoajuda, mas, felizmente, sem a parte que considero chata deste tipo de livro.

Acredito que um filme sobre O Casamento, seria antes de tudo, uma obra rica e linda. Eu preciso ver como é o casarão de Noah, onde ele e Allie criaram seus filhos. Infelizmente, não consegui imaginá-lo direito, mas tenho certeza que deve ser algo espetacular. A única parte que pode ser considerada ruim neste livro, para os amantes das histórias deste autor, é que não há um grande conflito como nos outros livros. Esta leitura é muito tranquila.

A trama deste livro é boa, leve e eu recomendo para pessoas que estão em um relacionamento, ainda mais se este for um relacionamento duradouro, pois poderá te ajudar a lembrar de que a chama inicial que uniu você ao seu amor pode não ser apagada.

Ps.: Apesar de, na capa, estar escrito que O casamento é a sequência de Diário de uma paixão, os livros podem ser lidos fora de ordem. 


4 Comentários

  1. Acredita que eu nunca li Sparks?

    Vergonha total!

    Interessante saber que esse livro é a continuação de Diário.

    Vou tentar ler!

    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha desse livro, deu-me enorme vontade de lê-lo .

    ResponderExcluir
  3. Aline Coelho02/11/2013 01:03

    Amiga já li esse livro e adorei. Discordo que ele possa ser lido antes de Diário de uma paixão pq Noah e Allie estão em fases diferentes nos livros e se eu ler O casamento antes não rola a mesma emoção. Mas concordo que eles podem ser lidos de forma independente.
    Sobre a casa onde Noah criou seus filhos, com certeza é a casa que aparece no filme, vc não viu!!!??? É linda!!!
    Sou apaixonada pelo Noah e amei ele aparecer nesse livro!!!
    Gostei da sua resenha, Bjos!!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  4. A história parece ser linda mesmo, ainda não li, mas sei que o tio Rick não erra! rsrsrs Não sabia que era continuação de Diário de uma Paixão, fiquei muito feliz em saber que Noah aparece na história, me dá ainda mais vontade de ler o livro!

    Estou seguindo seu blog, e também curti sua fan page, ficaria muito feliz se pudesse visitar o meu cantinho também.

    Beijinhos,

    Scar.

    http://wonderlandmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir