REGO, Leila. Pobre não tem sorte. All Print. 2010. 208p.

Pobre não tem sorte é o primeiro romance da autora, Leila Rego, e, por causa de seu sucesso, já está em sua segunda edição. Este foi o escolhido para o mês de fevereiro, no desafio literário, e é um chick-lit engraçado e despretensioso, que possui conselhos úteis, mesmo que você não seja como a protagonista, Mariana.

O livro se resume em uma frase, encontrada na página 185: “Mariana, em que mundo você vive?”. Ela possui 26 anos e está prestes a se casar com Eduardo, que é seu namorado há sete anos. Ele é o cara perfeito para ela, e nem é por causa de seu cavalheirismo, tranquilidade e sinceridade, mas porque ele fez medicina, é rico, fashion e lindo.

Ainda morando com os pais, e decepcionada por causa do curso de Turismo, que ela imaginava ser totalmente diferente, Mariana gosta de se divertir com as amigas ricas, comprando bolsas caríssimas e sapatos com os preços maiores ainda. O único problema é que ela é pobre. A protagonista de Pobre não tem sorte é uma desmiolada que possui costumes de pessoas ricas, mas precisa parcelar tudo em várias vezes no cartão.

E o pior ainda está por vir! A sua prioridade sobre o casamento não é transformá-lo no dia mais feliz de sua vida como habitualmente vemos por aí, mas em, além de ser o melhor casamento que a sua pequena cidade já viu, o que o colunista do jornal local escreverá sobre ele no domingo. Interessante, não?

Sinceramente, no início da leitura eu imaginava que não iria gostar. Sempre preferi protagonistas fortes e inteligentes, como as de A Culpa é das Estrelas que, apesar de serem adolescentes, já possuem definições bem desenvolvidas. Porém, contrariando minhas expectativas, me diverti muito com as mancadas de Mariana e seu jeitinho fútil de ser.

Neste romance de estreia, a autora conseguiu mesclar perfeitamente diversão, romance e lições, em uma leitura leve e bem deliciosa. Gostei do resultado e, felizmente, a continuação, Pobre não tem sorte 2: alguma coisa acontece no meu coração, já foi lançada no mercado e o pessoal está gostando bastante.

A história é narrada por Mariana, portanto, não combinaria com a mesma se a linguagem utilizada no livro fosse muito rigorosa, é algo bem modesto e simples, ou seja, qualquer um poderá ler este livro sem cansar dele por este motivo. O que me preocupou um pouco foram os erros ortográficos, mas não é nada que atrapalhe tanto a leitura.

Resumindo, gostei bastante do livro, foi uma boa surpresa, já que eu não estava esperando muito. O modo como Mariana vai amadurecendo durante a leitura é bem interessante e nos dá forças para encerrar assuntos inacabados, além de nos mostrar mais algumas facetas interessantes da vida. Eu recomendo bastante. Uma leitura inteligente e engraçada.



24 Comentários

  1. Segredos em Livros08/02/2013 08:07

    Olá Alana, eu já li esse livro no começo do ano passado e adorei a escrita da Leila. Concordo com você, nessa resenha ela conseguiu unir diversão e romance em uma narrativa simples e envolvente. Adorei a sua resenha. Bjs, Fê -

    http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Francine Fernandes08/02/2013 13:19

    Achei o nome engraçada e a resenha mostra que é um livro bem leve, para se distrair, mas não sou muito fã desse tipo de livro, então eu passo haha beijo!

    ResponderExcluir
  3. Jéssica Almeida08/02/2013 13:28

    Não conhecia o livro, mais gostei da resenha. Deve ser uma boa leitura para distrair.

    ResponderExcluir
  4. Maria Amorim08/02/2013 14:31

    Eu não gosto de pessoas assim, que a acham que dinheiro é tudo e gastam mais do que podem. ( eu adoro dinheiro, mas eu guardo e administro bem), e acho que não gostaria de ler um livro que a protagonista fosse assim. Mas pelo o que você falou a leitura parece ser muito divertida. Talvez eu de uma chance ao livro, talvez...

    ResponderExcluir
  5. agarotadolivro08/02/2013 14:40

    Eu ameeei esse livro, um dos melhores chick-lit que eu já li, e eu fiquei muito feliz em saber que temos autores brasileiros que escrevem tããao bem!

    Um beijo.

    Garota do Livro

    ResponderExcluir
  6. Paralelo Indie08/02/2013 15:40

    Não conhecia o livro achei interessante. Ás vezes gosto de ler livros que não precise de tanta atenção para entender uma leitura anarquista, são ótimas distrações. Gostei da história, e a descrição resumida da protagonista me chamou muita atenção! Obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  7. Maria, eu sou exatamente como você e penso da mesma forma. Eu guardo muito bem o meu dinheiro e planejo como utilizá-lo, na verdade, eu planejo tudo, até o meu dia-a-dia, adoro fazer isso. Pensava que também não iria gostar do livro por causa da protagonista, mas é ótimo para dar risadas e, com o desenvolvimento da história, ela vai amadurecendo e aprendendo boas e importantes lições. Eu daria uma chance ao livro, pois sou como você e acabai gostando.

    ResponderExcluir
  8. Eu também fiquei muito feliz enquanto estava lendo e percebi que realmente temos ótimos autores, é um desperdício que muitas editoras não aproveitam bem eles.

    ResponderExcluir
  9. Verdade, sempre é bom uma leitura mais calma e engraçada depois de ter lido algo complicado. Acho esse livro ótimo para distrair.

    ResponderExcluir
  10. Que pena, Francine! Eu também não sou fã, principalmente de protagonistas assim, mas acabei gostando muito da leitura, mesmo. Se um dia estiveres precisando de algo leve, tente lê-lo, você também pode se surpreender.

    ResponderExcluir
  11. Kelry Caroline08/02/2013 17:32

    Hahaha já tinha visto os livros da autora, mas nunca li.

    ResponderExcluir
  12. LuaraCardoso08/02/2013 17:42

    Eu adoro a Leila, apesar de ainda não ter lido nada dela. :( Comprei Amigas (Im)Perfeitas e vou dar uma chance para ele já já. :)
    É, alguns livros tem uns personagens bem chatinhos, não é? Principalmente chick-lits. Porém é MUITO bom quando eles evoluem, assim como você disse que acontece nesse livro da Leila.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  13. isabel moraes08/02/2013 19:45

    Eu também gosto de personagens bem desenvolvidas, mas não vou mentir: me irrito com a maturidade de protagonistas como Hazel, por exemplo. Na vida real, uma em mil meninas são assim (previsão otimista) e isso tira um pouco a verossimilhança do livro... Gostei muito disso da personagem principal desmiolada: é mais real.

    ResponderExcluir
  14. Inês Gabriela A.08/02/2013 21:35

    Morro de vontade de ler esse livro, parece ser uma graça e o melhor: super divertido. Sem contar o fato da Leila ser brasileira. P.S.: qual a editora que publicou o livro? Não vi nada a respeito na capa...

    http://memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Alisson Almeida08/02/2013 23:30

    Acredite se quiser, mas eu nunca li este livro. Até me animei quando fiquei sabendo que iria lançar o 2 e sempre fico com vontade quando vejo boas críticas como a sua, mas nunca tive a oportunidade. Gosto de livros que sabem mesclar o inteligente com o engraçado!

    Abraços,

    Alisson
    http://contandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. É a All Print (http://www.allprinteditora.com.br/)

    ResponderExcluir
  17. Verdade, Isabel! Infelizmente isso torna a leitura um pouco afastada do cotidiano da maior parte das pessoas. É bem mais fácil encontrar alguém no estilo de Mariana.

    ResponderExcluir
  18. Ual, Alisson! Você já tem história com o livro mesmo sem lê-lo hein? hehe. Espero que um dia o leias, vale a pena.

    ResponderExcluir
  19. JessicaLisboa09/02/2013 10:27

    Nunca li nada da autora, porem o livro realmente me parece ser muito bom, nunca li nenhum livro desse genero sendo nacional!

    ResponderExcluir
  20. Nossa Jessica, não sabes o que estás perdendo! Aqui no Brasil temos vários bons escritores neste gênero, a Leila Rego é uma =)

    ResponderExcluir
  21. Olá :D
    Interessante esse livro. Parece ser o tipo de leitura para relaxar né?! ^-^ Vai para a lista de futuras leituras.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Já li algumas resenhas bem positivas sobre este livro e pelo o que falam ele parece sersuper engraçado, mas como você disse eu prefiro personagens fortes e inteligentes e eu me irrito profundamente com personagens bobocas que ficam fazendo mancadas o livro todo, então sempre tenho um pé atras com relação a este livro, mas como este ano decidi que iria dar uma chance aos chick-lits quem sabe eu não arrisco.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Rodrigo, se você quer mesmo dar uma chance aos chick-lits, eu recomendo muito a leitura deste! Tem um diferencial em relação aos outros =)

    ResponderExcluir
  24. Parabéns, sua resenha ficou ótima =) tenho os dois livros dessa série e espero conseguir ler em breve =) a Leila Rego é um amor, mandou os livros autografados e com mimos. Cada autor nacional que conheço fico mais satisfeita e apoiar seu trabalho fazendo parceria, comprando seus livros e indicando é gratificante!!!

    ResponderExcluir