KINSELLA, Sophie. Fiquei com o seu número. Editora Record, 2012. 464 páginas.

Como o mês de fevereiro é o mês da comédia para o desafio literário de 2013, hoje trago mais uma resenha de um livro que me fez rir muito! Fiquei com o seu número é o primeiro livro que leio da autora e me deixou com expectativas positivas sobre os outros.

Poppy Wyatt está vivendo um dos melhores momentos de sua vida. Ela é noiva de um acadêmico brilhante, Magnus Tavish e, apesar de estar intimidada com tanta inteligência ao seu redor, afinal os pais de Magnus também são professores incríveis, ela está fazendo o possível para se integrar em sua futura família.

Porém, em um chá elegante com suas amigas, Poppy acaba perdendo seu anel de noivado, uma esmeralda lindíssima que está na família de seu noivo há três gerações. Ela fica praticamente maluca atrás do anel, e sai procurando por todos os cantos, perguntando para suas amigas e funcionários, e, quando finalmente precisa ir embora, deixa o seu número com todos para avisarem-na caso encontrem o anel.
Não. Nada de surtar, Poppy. Continua otimista. Só preciso pensar na situação por um ângulo diferente. Como... O que Poirot faria? Poirot não correria de um lado para o outro em pânico.
Totalmente abalada por causa do anel, ela não percebe quando um ciclista passa por ela na frente do hotel e rouba seu celular. Agora Poppy está ainda mais nervosa, pois, além de perder o anel de família, não tem um número para que as pessoas liguem caso achem o anel.
Meu instinto é mandar uma mensagem de texto para alguém dizendo: “Ai, meu Deus, perdi meu celular”. Mas como posso fazer isso sem um maldito celular?
Felizmente, ao voltar para o hotel ela encontra um, funcionando perfeitamente bem, na lixeira. Apesar de achar errado, o celular estava na lixeira, então uma pessoa o colocou lá por espontânea vontade, e ela realmente estava precisando de um celular naquele momento. Com os nervos um pouco melhores, ela logo começa a distribuir o novo número para o pessoal do hotel, e para suas amigas também.

A vida de Poppy já está um caos, mas ainda vai piorar! Acontece que o celular é de uma empresa, a White Globe, e Sam Roxton, um dos sócios da empresa, liga para o número em procura da sua assistente. Poppy atende o celular e afirma que o encontrou no lixo, mas Sam precisa do celular de volta. Ela explica a sua história e insiste tanto que ele acaba emprestando o celular para ela até que a mesma ache o anel novamente; mas com uma condição: ela precisa encaminhar todos os e-mails destinados a Sam que chegam ao celular. E é assim, que os planos de Poppy mudarão totalmente.

A escrita da autora é muito leve, a trama é divertidíssima e a protagonista é muito engraçada. O livro é narrado em primeira pessoa e Poppy acrescenta várias notas de rodapé desnecessárias, que fornece uma quebra na leitura do texto e que nos faz rir ainda mais. É como um bônus.

O final não é tão surpreendente, mas é original. Sophie Kinsella é como Meg Cabot, mas possui uma escrita ainda mais deliciosa e Fiquei com o seu número é um pouco mais maduro do que os livros que já li da Meg. Bem, só posso deixar aqui a minha recomendação, pois este é um chick-lit maravilhoso.


Falta um pouco mais de uma semana para o Top comentarista acabar, mas você ainda possui uma chance! Comente nesta postagem e garanta um ponto para concorrer ao livro de sua preferência, clique AQUI para se inscrever.


13 Comentários

  1. Oie :)


    Nossa eu já li esse livro e posso dizer que é um dos preferidos de 2013 , a Poppy é ótima assim como todos os personagens , mais o melhor mesmo é a escrita da autora , beijos !


    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Marcelle Dantas20/02/2013 14:47

    Ah, eu quero ler!! rs Não havia dado tanta atenção a esse livro, mas agora fiquei curiosa. Quero rir também! Adoro! Tenho dois livros da Kinsella lá em casa e vou ler logo!


    Beijos,



    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Francine Fernandes20/02/2013 15:18

    Uma vez eu vi uma promoção deste livro, em que ele estava por 10 reais, mas não gostei muito da capa e acabei não comprando, estou morrendo de arrependimento agora..hahaha

    ResponderExcluir
  4. Garota do Livro20/02/2013 15:40

    Eu quero muito poder ler esse livro!

    Um beijo.

    Garota do Livro

    ResponderExcluir
  5. Segredos em Livros20/02/2013 15:47

    Oi Alana, esse livro esta na minha lista de desejados para 2013 e com certeza será um dos próximos que irei solicitar para a Galera. Adorei a sua resenha e tenho grandes expectativas em relação a esta obra, com certeza deve ser um livro bem divertido mesmo. Parabéns pelo post. Bjs, Fê.


    http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Michelle Boyd20/02/2013 16:24

    Eu estou participando de um desafio esse ano também, e esse livro foi o escolhido pro mês que vem, mas vendo tua resenha me dá vontade de começar agora mesmo. Também nunca li nada da autora, mas dizem que ela realmente sabe o que faz, digamos assim, HAUAHUAUUH.

    Michelle Boyd

    The Little Things

    ResponderExcluir
  7. Kelry Caroline20/02/2013 20:19

    Pela resenha vi que o livro é muito engraçado, em partes claro, porque olha ela sofre um bocado kk

    ResponderExcluir
  8. E eu concordo com quem diga isso Michelle! Gostei muito desse livro e já tô doida pra ler outros da Sophie. Boa sorte com a leitura, que você se divirta tanto quanto eu, hehe.

    ResponderExcluir
  9. 10 reais? É imperdível, Francine! Os livros dessa autora geralmente são de 30 para cima... Olha, se você conseguir outro feito inacreditável como esse, mete a cara a luta! hehe.

    ResponderExcluir
  10. Que legal, Fê! Aposto que vais curtir muito, depois vou querer ler a resenha ok? Beijos

    ResponderExcluir
  11. Pois é, Kelry... Essa Poppy, coitada! Sofre demais, haha, mas é hilário.

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha! É a primeira que leio sobre esse livro.
    Já vi ele por aí, mas nunca parei para descobrir sobre o que se tratava.

    Com certeza vai para minha lista de desejados!


    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. JessicaLisboa23/02/2013 09:46

    Serio eu adoro esse genero, sempre quando leio fico rindo como uma retardada com algumas coisas que acontece nos livros, porem nesse momento esse genero nao esta me agradando (ressaca resume).

    ResponderExcluir